Do campo para sua mesa

Repare na composição do seu prato na hora do almoço e jantar, no carrinho do supermercado e no lanche que faz no meio da manhã e da tarde. Quantas cores você é capaz de contar? E quais os alimentos que colorem sua refeição? A arte de colorir as refeições, de modo a levar mais saúde ao prato e aos lanches, pode ser atribuída, principalmente, aos vegetais e às frutas.

Sabemos que na base na nossa saúde encontra-se a alimentação, e para que possamos ter uma boa qualidade de vida esta alimentação necessita ser rica em frutas, legumes e verduras.

O Guia Alimentar para a População Adulta brasileira recomenda a ingestão diária de, no mínimo, três porções de legumes e verduras como parte das refeições e três porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches. Além de colorir, esses alimentos são ricos em vitaminas e minerais, componentes importantes para promoção e manutenção da saúde por serem antioxidantes naturais e participarem de inúmeras funções corporais.

As cores podem representar a vitamina predominante do alimento. Os vegetais verdes escuros contêm quantidade maior de vitamina “K” e as frutas de coloração amarela e alaranjada possuem vitamina “A” em abundância. Mas, os sabores também podem indicar qual é a vitamina presente. Por exemplo, as frutas ricas em vitamina “C” são, em maioria, as cítricas. Portanto, variar a ingestão de frutas e vegetais resulta em maior variedade de vitaminas e minerais. Contudo, o consumo em excesso pode levar ao ganho de peso, visto que, sobretudo as frutas, são fontes de energia. As calorias das frutas derivam da frutose, um tipo de carboidrato. Assim, um nutricionista deve ser consultado para melhor indicar recomendação individualizada.

 O campo é o alicerce da cadeia produtiva, é de onde vem a matéria-prima para a produção dos alimentos, até o momento em que chega à mesa do consumidor.

Para garantir que este processo chegue à indústria com qualidade, a AGN Hortifruti acompanha de perto o produtor rural. São disponibilizados aos empresários rurais assistência técnica avançada, orientações através de programas de qualidade sobre planejamento, organização e crescimento, além de outros programas que visam o manejo, nutrição e genética dos animais.

 

 

Este trabalho permite que o produtor ofereça qualidade de vida para sua família e obtenha resultados satisfatórios em sua propriedade.